quinta-feira, 18 de junho de 2015

De bem com a vida

Nem sempre a vida nos é fácil. Nem sempre a vida nos oferece o melhor.

Mas por vezes somos nós que temos de nos afastar do mal que a vida nos dá, transformar as dificuldades em oportunidades e  esquecer o que não importa.

Há dias em que tudo parece seguir direito, quase em piloto automático. Dias bons em que vives cada segundo sem pensar no amanhã.
E dias em que não consegues dormir, em que as dores te moem, em que tudo parece querer transformar-se e respirar não chega.

E quando todos se vão e o teu melhor amigo é o teu filho, que te lambe as feridas, que pára de brincar para te abraçar e beijar. Que controla uma birra quando percebe que estás mesmo no limite. Que te dá mais do que aquilo que possas querer da vida.

Então percebes que só podes estar de bem com a vida. Que haverá sempre abraços, beijos e muitos sorrisos e tudo fará sentido.

Sem comentários: