domingo, 28 de fevereiro de 2016

Nunca é tarde

Maria Rita,

Tens quase 8 meses de vida e hoje foi a primeira vez que comeste a papa pela mão do pai.
Alegra-te mais dias virão.

Foi também a estreia do pai a mudar a fralda. E a estreia pede cocó, com direito a pomada (uma delas, que um homem não pode saber tudo, mas por acaso acertou!).

Ao trocar a fralda o pai deu uma cabeçada na prateleira, se ele tivesse feito isto outras vezes já sabia que tinha ali um obstáculo, está sempre a aprender.
Não te preocupes, o nariz vermelho foi da cabeçada que deu durante a noite na mesinha de cabeceira, tudo se paga nesta vida, nem quero imaginar o que vai acontecer à mesinha.

Um dia vais gostar de ler estas palavras. Saber que ainda há uma diferença abismal entre ser homem e ser mulher, dentro de casa, mas também na sociedade, no país, no mundo.

Aquilo que não nos mata torna-nos mais fortes e o que é realmente desprezível é a falta de respeito. Respira filha.

Hoje o pai deu um passo grande para se aproximar de ti. E até nas adversidades saímos mais fortalecidos, como família.

A mãe,
Joana

Sem comentários: