quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Será que o coração aumenta?

Se me virem por aí a rebolar já sabem que é verdade.

A nossa vida estava muito calma, as águas mansas e tranquilas a precisar de agitação das correntes da vida [parágrafo cheio de sarcasmo, claro!]

Então a mãe terra, no alto da sua sabedoria, decidiu que este corpo estava apto para se encher, de mais amor, uns kilos a mais e um coração pequenino a bater dentro de mim.

Se me disserem que estou grávida, eu continuo a dizer que não pode ser. Mas a verdade é que tenho uma vida a crescer velozmente dentro de mim.

Desejem nos sorte, a viagem já conta com muitos percalços.

Temos um coelhinho/a no forno, a servir no inverno.

Sem comentários: