domingo, 21 de agosto de 2016

Venham até mim os tomates

Calma, calma. Agora não vou falar de bebés e muito menos do sexo do terceiro baby Rabbit. Quem costuma vir apenas para saber das crianças pode já fechar a página.

Este ano quem tratou de meter na terra os mimos e fazer a horta, fui eu.
Sozinha com duas crianças, duas gatas e um cão, percebi desde cedo que a única pessoa que estava por perto e podia ajudar não estava disponível para colaborar. Nem em nome desse laço de sangue e da publicidade que vai apregoando ao povo.

Estávamos em Maio, e lá fui à feira comprar as miudezas. Trouxe aquilo que sei que gasto e que podia ser eu a tratar. De fora ficaram os tomates, porque precisam de amor e carinho, de serem estacados e capados.

Mr. Rabbit tinha deixado a terra lavrada. Eu abri os regos, os buracos e plantei alface, couve coração, bróculos, alho francês, beringelas, courgettes e mais tarde batata doce e abóboras.

Depois fui operada de urgência e estava fora de questão tratar da horta. E depois descobri que estava grávida e as hemorragias eram constantes. E por fim a operação da Maria Rita.
Nem sempre a horta teve o rumo certo. E o proveito que a terra daria. Mas foi sobrevivendo e a colheita tem sido feliz.

Contudo, não havia tomates. Eu todos os anos faço molho. Nem preciso de muitos cuidados porque vai num instante. Este ano já ponderava comprar quando me deram uma saca deles.

Ontem foi o dia.

Vi que a Leonor do blog  na cadeira da papa, congelava em formas de silicone para queques e achei fantástica a ideia.
A receita da Leonor é a que eu costumo fazer, por isso, lá meti mãos à obra.

O meu não ficou tão vermelho como o da Leonor, porque a qualidade do tomate interfere bastante. E claro que até tive direito a coelhinhos de tomate.

Aproveitei e para o almoço fiz uma bolonhesa de soja e que boa que estava.

Venham até mim esses tomates, porque agora as refeições vão ter de ser preparadas cada vez de forma mais rápida e tenho mesmo de me organizar. 

Receita:

Tomate

Courgette

Cenoura 

Cebola 

Alho 

Salsa

Manjericão

Sal 

(As quantidades são sempre a olho. Deixo cozinhar tudo, com bastante azeite, até o tomate libertar todo o seu sumo e no final trituro com a varinha)

Sem comentários: