terça-feira, 20 de dezembro de 2016

João

Hoje é o teu dia filho. 6 anos.

Como explicar-te a vida depois de ti, a vida contigo nos braços e o coração sempre cheio?

Hoje será verão nas nossas vidas, porque tu és o meu sol de inverno. És um astro maior que enche de luz todos os lugares por onde passa.

Mesmo nos dias em que me pões à prova. Que me deixas exausta e com o corpo a doer. Mesmo nos dias em que me pergunto se estou a fazer tudo bem, se és feliz e se vais ser um homem justo e bem resolvido.

Já te contei como foi, naquele dia 20 de dezembro de 2010. Que as quatro horas e quatro minutos o meu mundo parou arrastado pelo teu choro intenso. Eras tu. Era a vida. E a minha vida a renascer, como nos filmes.

Mesmo quando me chamas "chata", "má" ou "bruxa" (os adjetivos vão ficando mais intensos de ano para ano, estou a preparar-me para a adolescência, quando achares que te odeio), sou tua mãe. E mesmo depois destes momentos de afirmação abraças-me e eu sinto que és um menino bom. Um menino de luz que ainda não sabe que brilhar é apenas sorrir.

Um dia saberás que não precisas de mais, apenas de seres tu, porque tu és o nosso sol de inverno, e esse sol brilha muito, muito mais do que possas imaginar.

Já te tinha ensinado que tens um oceano nos olhos, por isso lembra-te sempre meu amor, não deixes nunca que a tua luz se apague, por nada e por ninguém!

Parabéns!!!!!

A mãe.
Joana

Sem comentários: