quarta-feira, 17 de maio de 2017

Reviver

Isto foi escrito em Fevereiro de 2015, mas todos os anos repete-se. 



O João foi feliz, sim. O João está certamente bem. Mas na minha cabeça ecoam as sirenes. As manchas de sangue e o sabor dos vidros no corpo multiplicam-se.

Este mês recusei que a Maria Rita fosse a várias visitas de estudo, porque o meu coração não aguenta reviver estas memórias várias vezes por dia. 

Eu vivi na primeira pessoa aqueles dramas que achamos que só acontecem aos outros. Tinha 8 anos e gravado na pele cada segundo daquele acidente. Falta muito para as 18h?


1 comentário:

Matilde disse...

Dos meus maiores medos...
Coragem!
Bjinhosss
https://matildeferreira.co.uk/