sábado, 29 de julho de 2017

Ai José.... José

Enquanto preparo o post sobre a festa de final de ano da minha princesa, sai uma carta para a troca.

Quando fiz 20 anos recebi de prenda de aniversário o livro mais giro de todo o sempre. É tão giro que nem sei onde ele anda. Bem, era de banda desenhada muito marota, contava a história do "santo Antoninho sem braços" e esta frase ficou-me marcada para sempre:
" É bom ser-se duro.
E é duro ser-se bom"

O meu terceiro coelhinho é igual!!!

Este rapaz promete....

Sem comentários: